Tom: E
Intro: E G

E              G        E       G
o vinho podre que escorre das xícaras
E            G         E         G
o mel amargo o meu coração

A            C
de onde quer que tudo venha                2x
A             C                      E
tudo irá pra onde nada nunca se alcança

E  G

E        G        E          G
tenho a memória de tudo que existe
E        G        E           G
tudo que é triste alegre ou não
A               C
eu guardo as flores mortas na sala
A               C                    2x
eu faço sala pro tempo

D                 A             
ainda que tarde agora que é tarde
C
sempre é cedo
D                A             
ainda que tarde agora que é noite
C
eu sinto medo

E  G


Enviada por Sem inscrição
Nº de acordes: 5