Tom: A
Intro: G#

   A           B                C#m
o preço que se paga às vezes é alto demais
   A         B          C#m       
é alta madrugada, já é tarde demais
              G#
pra pedir perdão
               F#m      B
pra fingir que não foi mal
A            B                 C#m
uma luz se apaga num prédio em frente ao meu
 A                     B               C#m
"sempre em frente" foi o conselho que ela me deu
           G#            F#m       B
sem me avisar que iria ficar pra trás
e agora
     E
[eu pago os meus pecados
    F#m           G#m                  B
por ter acreditado que só se vive uma vez]
     E
[eu pago os meus pecados
    F#m           G#m                  B
por ter acreditado que só se vive uma vez]
            C#m
pensei que era liberdade
B               A                  F#m  B (A B A B)
mas, na verdade, me enganei outra vez
   A           B                C#m
o preço que se paga às vezes é alto demais
   A         B          C#m
é alta madrugada, já é tarde demais
     A            B                 C#m
mais uma luz se apaga no prédio em frente ao meu
    A        B          C#m
é a última janela iluminada
             G#               F#m    B
nada de anormal...amanhã ela vai voltar
enquanto isso
     E
[eu pago os meus pecados
    F#m           G#m                  B
por ter acreditado que só se vive uma vez]
     E
[eu pago os meus pecados
    F#m           G#m                  B
por ter acreditado que só se vive uma vez]
           C#m
pensei que era liberdade
B               A                     F#m B 
mas, na verdade, eram as grades da prisão
Solo: A B A B A B A B 
     E
[eu pago os meus pecados
    F#m           G#m
por ter acreditado que só se vive uma vez]
     E
[eu pago os meus pecados
    F#m           G#m
por ter acreditado que só se vive uma vez]
            C#m
pensei que era liberdade
B              A           F#m B (B A G# A G# F# E)
mas, na verdade era só solidão


Enviada por Sem inscrição
Nº de acordes: 8