Zeca Pagodinho

Falange Do Erê

Zeca Pagodinho

702 exibições
Tom: F
Intro: F / F#° / Gm7 / C7 / Gm7 / C7 / F / 

Verso 1:
 F#°              Gm7    C7                     F   Dm
.....Só quem acredita vê....que essa vida é um doce
              Gm7  C7             F   Dm
mesmo se não fosse....eu seria assim
             Gm7      C7               F    Dm
Sou menino brincalhão....encontrei a chance
             Gm7   C7                F
Bem ao meu alcance....e agarrei pra mim
     F ^ F#°   Gm7 
Eu dou!......dou um

Refrão:
      C7        F           Am ^ G#°
Viva Cosme e Damião, dou um
  Gm7      C7             F
Dou um....viva Cosme e Damião
       C7         F
(Viva Cosme e Damião!)
      C7         F
Viva Cosme e Damião, dou um
F  F#°  Gm7        C7         F
Eu dou um....viva Cosme e Damião

Verso 2:
         Am7           G#°    Gm7               C7                  F
O que importa é que a gente miúda...me trouxe ajuda quando eu precisei
                            Cm                  F7                 Bb
E o que prego nas minhas andanças...que só as crianças me ditam a lei
                      Bbm6                              Am7
E assim me sinto protegido...ungindo com viscosidade da fé
     D7                G7/9                      C7                 F
Sua benção é presença imensa...que vença com a crença que tem seu axé

Refrão:
   Am7       G#°   Gm7             C7               F
Da vida tão amargurada...essa gurizada me fez renascer
                  Cm               F7               Bb
Hoje sou cobra criada...salve a ibejada falange do erê
                  Bbm6                                         Am7
Vinte e sete de setembro...eu sempre me lembro, não esqueço de dar
          D7               G7/9               C7                 F
Cocada, paçoca, suspiro, pipoca...bolo, bala, bola, cuscuz e manjar..

(Refrão)


Enviada por Sem inscrição
Nº de acordes: 14