Belmonte e Amaraí

Capricho Do Destino

Belmonte e Amaraí

706 exibições
Tom: G		

  G                 C       C7        G
Depois de três anos que eram casados
	     C  	C7>      G
Nasceu um filhinho que tanto sonharam
	         C	C7       G
Por mais alguns tempos viveram felizes
 	   D	       C      C7   G
Depois cruelmente os dois se apartaram
                           C
Ele foi embora para bem distante
      C7      G	        C7	G
E não mais souberam do seu paradeiro
      C       C7   G
Ela ficou com o filhinho
   D	               C7	G
Chorando a saudade do seu companheiro

(Intro)

    G	  C	  C7	  G
Um dia, porém já muito cansada
	    C	        C7   G
Do triste martírio que ela sofria
	    C               C7   G
Por falsa ilusão deixou de ser nobre
	  C       C7   G
Passou a viver só na boemia
               C	  C7  G
Num triste abandono ficou o menino
	         C	       C7    G
Longe dos seus braços sem os seus carinhos
	       C	      C7    G
Enquanto seus pais seguiram outro rumo
	   D	     C	 C7	 G
Ele foi crescendo só em maus caminhos

(Intro)

	     C             C7    G
E foi numa noite quando o trem noturno
       C	     C7 G
Fez a parada naquela estação
	C	        C7   G
Um passageiro sacou de uma arma
	C           C7	 G
E sem piedade matou um ladrão
	   C	         C7   G
Entre a multidão que ali se juntou
	   C	       C7  G
Ela foi também pra ver o ocorrido
	       C	 C7     G
E com grande espanto sem vida encontrou
	D	C   C7  G
Na plataforma seu filho caído

(Intro)

	      C      C7	         G
Tal qual uma louca chorando e gritando
	        C	   G
Voltou os seus olhos ao criminoso
	  C      C7   G
E neste momento reconheceu
            C	       C7   G
Que aquele homem era o seu esposo
	      C	      C7      G
Assim é o capricho da vida enganosa
                C        C7    G
Que o destino exibe em cenas reais
	       C       C7      G
Crianças que crescem desamparadas
	   D	     C	  C7   G D C C7 G
Pagam os erros que devem seus pais


Enviada por Sem inscrição
Nº de acordes: 9